Faça este curso, porque você precisa aprovar em seu próximo exame, concurso ou vestibular.

A quem interessa as invasões?

Existe muito mais do que imaginamos entre o céu e o inferno.

Vemos diariamente notícias de invasões de sem teto, sem terra, e sem lá mais o quê. Mas a quem interessa essas invasões e manobras de massa?

Sabemos que um dos "todo poderoso" em Brasília é Gilberto Carvalho, petista até debaixo d'água, e que não vê a hora do retorno do antigo chefe ao Planalto.

Articulista, Gilberto pode estar minando terreno na presidência da república, na pretensão de conseguir espaço para que o ex-presidente volte. O MST e outros movimentos recebem verbas públicas federais e outras benécias desde a entrada do primeiro presidente petralha e possuem, ligado a Gilberto, uma secretária que cuida desses movimentos sociais.

É sabido e comprovado que diversos membros desses grupos são 'profissionais' de invasão e possuem diversos endereços e, pasmem, terrenos, terras e propriedades que chegam a milhares ou até milhões de reais.

O caso da desocupação em São Paulo foi uma jogada (será?) para acertar dois coelhos com uma única cacetada. No caso quem fica com a imagem ruim, é claro, foi a Polícia Militar que foi recebida com paus, pedras e outras formas de agressão ao cumprir uma ordem judicial de reintegração de posse movida pela Caixa Econômica Federal que é administrada pelo governo federal.

No evento pouco se falou da Caixa ou de Gilberto Carvalho que possui a gestão junto a esses movimentos sociais invasionistas, sequer apareceu ou se prontificou a intermediar a situação.

A quem servem esses movimentos? A quem iteressa as invasões?


FIM

(http://www.ahora.com.br/materia.asp?CodMat=24652, Vicente Barone, com modificações nossas para fins didáticos)



manobras de massa, invasões de terras, redação sobre invasões de propriedades, profissionais de invasão, Polícia Militar, formas de agressão, ordem judicial, reintegração de posse, redação dissertativa sobre movimentos sociais, movimentos sociais invasionistas, verbas públicas federais, sem teto, terras e propriedades, ditadura do PT, sem terra, invasão de propriedade, redação pronta sobre manipulação social, mst