Faça este curso, porque você precisa aprovar em seu próximo exame, concurso ou vestibular.

Piloto contra a burocracia

Diminuir consideravelmente o tempo de abertura de uma empresa em Santa Catarina é o que promete um projeto-piloto que começou a ser implantado ontem em Jaraguá do Sul. A louvável iniciativa mexe com um problema crônico brasileiro e que está na pauta permanente do empresariado: a retirada dos entraves que dificultam o aumento da formalização dos negócios e desestimulam o empreendedorismo de forma geral. Com o novo sistema de gestão, a meta da Junta Comercial do Estado (Jucesc), em parceria com a Federação Catarinense dos Municípios (Fecam), é fazer com que o prazo de espera seja de três a cinco dias, e não de um mês, como é atualmente na região.

Combater essa letargia é ponto importante para estimular um círculo virtuoso que passa pela luta contra a informalidade, a geração de emprego e renda, a arrecadação de impostos e a consequente prestação de serviços públicos à população. No Brasil, o tempo mínimo de abertura de uma empresa é de praticamente dois meses e facilmente supera os cem dias, conforme resultado de pesquisa do Banco Mundial avalizado pelo próprio governo federal.

Não é à toa que deve começar a funcionar em junho o Portal Empresa Simples, site da alçada da Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República, idealizado com o propósito de nocautear esse "manicômio burocrático", segundo à Presidência da República. Se bem-sucedido, o programa deve garantir que o prazo máximo de abertura ou fechamento de empresas seja de no máximo cinco dias em todo o território nacional.

O teste que começa a ser realizado no Norte do Estado — uma mudança importante na rotina da tramitação de processos necessários para a criação de novos negócios formais e concessão de alvarás — é uma aposta no perfil diversificado e empreendedor do catarinense. Afinal, desburocratizar essas etapas significa impulsionar o crescimento econômico. A expectativa, portanto, é a de que a experiência realmente prospere, seja vanguardista e sirva de estímulo para a celebração de convênios semelhantes em outras cidades.


FIM

(http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/sc/diario-da-redacao/noticia/2014/04/piloto-contra-a-burocracia-4463072.html, com modificações nossas para fins didáticos)



redação sobre burocracia, empresariado brasileiro, formalização dos negócios, sistema de gestão empresarial, letargia do serviço público, atividade informal, geração de emprego e renda, impostos, serviços públicos, população brasileira, novos negócios, atividades informais, redação dissertativa sobre empreendedorismo, concessão de alvarás, crescimento econômico, abertura de empresa, desburocratição, fechamento de empresas, território nacional, sociedade brasileira, informalidade, redação pronta sobre gestão empresarial,