Faça este curso, porque você precisa aprovar em seu próximo exame, concurso ou vestibular.

Pensar diferente

Infelizmente vivemos em um país da dicotomia e da generalização. Dicotomia entre o público e o privado. No que tange à educação, a frase muitas vezes repetida é: “Verba pública somente para a educação pública”. Essa frase tão curta contém dois grandes erros, o primeiro é a palavra somente, que restringe a utilização da verba, mas a mais grave é a noção de verba pública que temos no país. Verba pública não é o dinheiro do governo. Verba pública é o dinheiro que o governo, eleito pelo povo, arrecada e deve gerir para que a população tenha saúde, educação, segurança, transporte e todos os demais serviços que devem ser administrados pelos governos municipais, estaduais e federal. A verba pública vem dos impostos pagos pela população e deve voltar para ela na forma de serviços. Se o governo estadual, por exemplo, entender que administrará melhor a verba pública entregando “vouchers” para que as famílias escolham a melhor escola para seu filho, quer seja esta pública ou privada, estará sem dúvida fazendo um bem para a sociedade, pois em regra e de acordo com o resultado do Enem, a escola particular é melhor do que a pública. O governo federal, por mais que se baseie em um modelo estatizante, se aproximou nos últimos anos da iniciativa privada, através de programas como Prouni, Fies e Pronatec. Esses programas, bem geridos, darão causa ao crescimento da nação ao contrário do sem número de bolsas criadas pelo governo federal, que servem somente para assistencialismo. O novo ministro da Educação, em recente fala, cometeu o segundo erro, o da generalização. Não tendo como explicar os cortes propostos no orçamento da união para educação, bem como a mudança nas regras do Fies, o ministro criticou a qualidade das instituições particulares de ensino. Senhor ministro, o ensino privado atende mais de 75% dos alunos que frequentam o Ensino Superior no país e pode haver instituições com problemas, mas essa não é regra, pois, como acima dito, em geral, mas sem generalizar, a iniciativa privada tem sido melhor gestora dos recursos do que o poder público.


FIM

(BRUNO EIZERIK, http://wp.clicrbs.com.br/opiniaozh/page/2/?topo=13%2C1%2C1%2C%2C%2C13)



redação sobre educação pública, educação privada, verba pública, dinheiro do governo, redação dissertativa sobre educação, segurança, transporte, impostos, melhor escola, redação pronta sobre sociedade brasileira, escola particular, iniciativa privada na educação, Prouni, redação dissertativa pronta sobre educação brasileira, Fies, Pronatec, nação brasileira, bolsas de estudo, assistencialismo, orçamento da união para educação, mudança nas regras, instituições particulares de ensino, redação sobre ensino particular, ensino privado