Faça este curso, porque você precisa aprovar em seu próximo exame, concurso ou vestibular.

Imposto: vilão do comércio

O volume das vendas nas lojas varia constantemente durante o ano todo. Entre os muitos motivos que levam o varejo a registrar uma menor saída de produtos está o nível elevado dos impostos. Este é o caso do setor automotivo, cujas vendas despencaram 31,4% em janeiro deste ano na comparação com dezembro do ano passado. O motivo é o aumento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), cuja redução foi revertida. O desconto no imposto foi adotado há três anos, em maio, para manter a economia aquecida em um cenário de crise econômica internacional.

Se a carga tributária fosse menor, certamente os negócios das empresas seriam muito mais lucrativos e a população teria mais condições de adquirir bens. Afinal de contas, os tributos certamente não foram criados para serem os vilões do comércio ou do setor empresarial, como de fato acontece. Enquanto o Congresso Nacional não põe em prática a tão sonhada reforma tributária, o país segue pagando taxas que representam uma alta porcentagem do preço final dos produtos. Ruim para as lojas, ruim para o povo, ruim para o Brasil como um todo.


FIM

(http://www.icnews.com.br/2015.02.05/colunistas/editorial/imposto-vilao-do-comercio/)



redação sobre imposto, vendas nas lojas, varejo, impostos, setor automotivo, redação dissertativa sobre comércio, Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), economia, crise econômica, redação pronta sobre carga tributária, negócios, empresas, negócios lucrativos, população brasileira, adquirir bens, redação dissertativa pronta sobre tributos, setor empresarial, reforma tributária, preço final, Brasil